segunda-feira, setembro 26, 2005

...minha existência cotidiana

O ponto focal do discipulado é toda a minha existência cotidiana.
É crucial reconhecer que a minha vida é o ponto focal da relação de aprendiz que tenho para com Jesus. Reconhecendo isso, podemos no libertar da verdadeira loucura que nos impõe a actual distinção entre "serviço cristão em tempo integral" e "serviço cristão ocasional". Pois o discípulo de Jesus não é necessariamente aquele devoto a desenvolver somente actividades religiosas, como geralmente se pensa. Dallas Willard

5 comentários:

JOINCANTO disse...

Cristãos a tempo inteiro, precisam-se!

Philipós disse...

Bingo

Paula disse...

Todo o cristão é cristão a tempo integral,e serve a tempo integral!

Philipós disse...

Paula isso seria o ideal, mas a realidade não é essa.
Nas nossas Igrejas sofre se de muitos sindromas, tipo "aquece bancos", "Domingueiros", etc, etc.

Lenita disse...

Os aquece-bancos serão cristãos?
Terão alguma coisa a ver com os Evangelhos?

Abraço da Alemanha
LENITA